Como escolher uma boa plataforma e-commerce

Publicado em: 15 junho 2015
< Voltar para listagem de artigos

Quando você pensa em abrir uma e-commerce, um dos assuntos que mais causam dúvidas é o sistema da loja virtual, conhecido como plataforma e-commerce. Veja neste artigo quais são os fatores que devem ser levados em conta na hora da escolha da sua plataforma e-commerce.

Uma das perguntas mais frequentes para iniciantes em lojas virtuais é “Qual a melhor plataforma?”, e essa preocupação é válida, pois ela pode comprometer o desempenho do projeto a curto e longo prazo. E a resposta para essa pergunta é o famoso depende”.

A escolha de uma plataforma virtual envolve fatores específicos a serem considerados para cada empresa/negócio que você irá iniciar na internet. Mas podemos afirmar que a melhor plataforma é a que está diretamente ligada a melhor relação custo-benefício.

Fatores que devem ser levados em conta e sildenafilpharma como cada um desses fatores agem na decisão:

Custo:

Por mais óbvio que pareça, esse fator às vezes pode ser um dos principais vilões na primeira etapa de uma loja. É importantíssimo olhar para a verba total que está disponível para o projeto e definir claramente o quanto será destinado ao Marketing Digital. É recomendado começar com uma plataforma mais simples mantendo um investimento de marketing constante e eficiente. custos da plataforma e-commerce A Netshoes, por exemplo, começou suas operações em plataformas muito simples e mais pra frente mudaram para mais completas.

Nada adianta se você tem uma plataforma dos sonhos e isso sacrifica sua verba de marketing. Hoje em dia as plataformas estão muito mais em conta e os facilitadores de pagamento permitem que mesmo uma operação muito pequena consiga ter a mesma credibilidade e opções de pagamento que os grandes varejistas.

O recomendável é que o investimento na plataforma esteja na linha de 20 à 30% do investimento que será feito em Marketing Digital.

Fase da loja:

A fase da loja pode ser definida por duas medidas: nível de conhecimento da equipe na operação de e-commerce e rentabilidade da loja.

defina por duas medidas: o nível de conhecimento da equipe na operação de e-commerce e a rentabilidade da loja.

Se você está iniciando sua loja virtual, provavelmente ela ainda não é rentável e você terá uma longa curva de conhecimento (que aliás, nunca acaba).

Porém, se já abriu um e-commerce e está querendo mudar para uma plataforma mais adequada ao novo tamanho da operação a sua visão é completamente diferente.

Aqueles que estão na primeira fase do e-commerce devem dar preferência à plataformas mais simples, mais intuitivas e é claro, se possível, mais baratas.

Funcionalidade da loja:

Dentre todos os itens desse artigo, esse deve ter um peso importante na escolha da sua plataforma e-commerce. É normal o lojista depois de contratar a plataforma, descobrir que tem uma série de funcionalidades que ela não possui, ou se possui deve ser cobrada à parte, encarecendo o projeto.

Um bom conselho é que você navegue na loja dos seus concorrentes, faça ou simule compras em cada uma delas. Avalie as funcionalidades básicas e avançadas que elas oferecem.

images (1)

Uma boa forma de escolher estas lojas é entrar no site da E-bit, veja a seção “Reputação de Lojas” e filtre por categorias e medalhas. Escolha a medalha ouro para a categoria correspondente ao seu segmento. Essas lojas são de qualidade comprovada e serão ótimas referências.

Outra dica importante: Não contrate uma plataforma sem antes navegar no Painel de Controle. Verifique a facilidade de cadastrar produtos, se a plataforma permite importação de dados para o caso de ter milhares de produtos cadastrados, veja com atenção as visitas, vendas, status de pedidos que ela fornece, pois são pontos importantíssimos no dia-a-dia da loja.

Outro ponto importante, verifique se ela possui funcionalidades que ajudem a loja a ter um bom posicionamento SEO, essa fonte de tráfego é muito valiosa para a loja. Faça uma lista de funcionalidades de cada plataforma analisada e avalie qual está mais adequada as suas necessidades.

Suporte:

Vamos supor que você tenha encontrado um ótimo profissional, gênio da informática que colocou seu site no ar rapidamente por um baixo custo. Qual a disponibilidade deste profissional quando a loja passar por problemas ou precisar de simples atualizações?

800139

Não é simples fazer a manutenção de plataforma e-commerce. Prestar um bom atendimento ao cliente exige infra-estrutura, e não raramente o barato sai caro.

Uma boa recomendação: Antes de contratar o profissional, a agência ou mesmo a plataforma, peça referências de clientes, dê preferência para empresas que estão há mais de 3 anos no mercado. Entre em contato com clientes atendidos pela empresa ou profissional a ser contratado.

Outro ponto importante que deve ser colocado é o suporte que essa empresa dará quando você por ventura desejar sair da plataforma. Como serão transportados os dados cadastrais e histórico de compra dos seus clientes, transações da loja entre outras informações? Muitos lojistas só ficam sabendo que poderão perder uma série de informações, no momento que desejam sair, portanto, cheque isso com antecedência.

Tomando esses pequenos cuidados suas chances de fazer uma boa escolha da plataforma e-commerce aumentam muito.

Gostou deste post?

Para não perder nenhuma matéria e dica sobre e-commerce, mídias sociais e mercado digital, curta a nossa fan page no Facebook e fique de olho nos nossos próximos posts para destacar-se no mercado online.

Ou ainda…

Se você tem um produto legal, quer montar a sua loja virtual e precisa de uma agência especializada em e-commerce e mídias sociais, entre em contato conosco e solicite um orçamento.

Tagged with: , ,
Sem comentário

Comments are closed.